sexta-feira, 15 de abril de 2011

Pensando bem...

De olho nas eleições da Fifa, o atual presidente Joseph Blatter voltou atrás e elogiou o andamento das obras para a Copa do Mundo de Futebol. Mas afinal, em sua opinião, estamos ou não atrasados? Qualquer brasileiro razoavelmente bem informado, sabe que há ainda muito o que fazer e, muito provavelmente, muita coisa estará incompleta até lá. Os aeroportos sequer dão conta do movimento atual de passageiros e dos 13 que receberão reformas para ampliação, nove estão atrasados. Dos estádios, a grande dúvida é sobre qual receberá a cerimônia de abertura. Em tese, seria o de São Paulo, que ainda nem saiu do papel. Os mais adiantados estão em fase de demolição. Hoje, no carro, pela manhã, ouvi na Band News, que a nossa tradição não é de planejamento, mas de improvisação. A Copa do Mundo vai acontecer no Brasil, de qualquer maneira. Se o Plano A falhar aciona-se o Plano B,se faltar vaga em hotel, hospeda-se os turistas em transatlânticos no Litoral,se os meios de transporte são insuficientes se complementa com um sistema alternativo e assim por diante. O importante é a empolgação do brasileiro e sua capacidade de adaptação. Será?
E tem gente que ainda reclama quando alguém critica.









Total de visualizações de página