sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Vai escolher o que?

Com o texto "A mesmice ou a coragem, qual será a nossa escolha", o colunista Washington Novaes, de O Estado de S.Paulo", propõe uma reflexão na quaresma sobre o destino das grandes questões nacionais. O jornalista cita os vários impasses vividos pelo País, como o fato de "metade da população não contar com rede coletora de esgotos, metade do lixo urbano continuar indo para lixões, ou o sistema de saúde estar em frangalhos em quase toda parte, o panorama da educação/analfabetismo funcional causar arrepios, a inovação tecnológica quase não sair do terreno da ficção, muito menos políticas eficientes para os dramas das metrópoles, para a insegurança coletiva." Novaes prossegue a sua análise e constata a inércia do Legislativo que privilegia interesses que não são aqueles de se preocupar em apressar a reforma tributária, enquanto políticas localizadas em Estados e municípios levam quase todos eles à falência e à inércia, no Judiciário, processos vitais para a sociedade e o avanço das instituições, como o caso do mensalão e dos precatórios, estarem há anos a espera de solução. Novaes aposta no papel da comunicação para incentivar o debate. "Não será pelos velhos caminhos da política fundada na troca de favores entre grupos e pessoas que encontraremos nossas possibilidades reais, como país ou como cidadãos. Precisamos todos, dar à política muito mais do que temos feito", conclui.

Total de visualizações de página